DESIGN DE JARDIM - PERCEPÇÕES INICIAIS



Moldurar vistas, estabelecer pontos focais, criar microclimas e escolher plantas ornamentais são apenas alguns dos aspectos a serem analisados durante o processo de criação do design de um jardim. O conceito escolhido, as formas, o jogo de luz e sombra, as propriedades do relevo, o vento e o solo misturam-se no imaginário de quem projeta. É preciso ter uma visão holística, em que todos os aspectos são interdependentes, indissociáveis.

A memória afetiva, as formas aleatórias da natureza, a simbologia e a história animam a mente de quem precisa escolher a ideia construtiva inicial. São muitos os flashes criativos mentais a serem harmonizados para se atingir a beleza de uma criação única, peculiar e diferenciada.

Design de um jardim é conhecimento e arte de vivenciar a natureza. Nunca será uma obra de um único artista. A plasticidade e o desenho são sempre captados de forma induzida quando se pretende a imersão no verde. 

Quando o esquema artístico é escolhido de forma embrionária, surgem as veias (os caminhos), as paredes  dos tecidos (os planos estruturais) e, especialmente, o sangue (as formas, texturas e cores). De forma sistemática, surgem os resultados. As percepções sensoriais dão movimento à arte, formam novas dimensões. 

Os animais, as plantas, a água, o vento, a luz e as pedras são os primeiros a contemplar o resultado paisagístico. E são eles que também determinarão o seu fim.

O design é uma face de toda e qualquer linguagem criativa. Sempre existiu em todas as coisas. Até mesmo os construtores egípcios e romanos sabiam disso. Ideias ligadas à estética, ao funcionalismo e à sensibilidade foram apenas captadas por artistas e escritores. A Natureza, por sua vez, sempre foi a maior designer.

Esse é um assunto extenso que o Mercado de Paisagismo abordará em muitas ocasiões. Iremos comentar sobre estilos, escolas, novidades e tendências dentro da perspectiva paisagística. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SUPER DICA DE JARDINAGEM - COMO CALCULAR A QUANTIDADE DE MUDAS DE UM JARDIM ETC.

JARDINS DO SUL DA FRANÇA